LinkedIN: 10 dicas para você otimizar seu perfil e favorecer sua imagem pessoal

LinkedIn. Tem gente que só lembra que essa plataforma existe quando está procurando emprego. Daí vai lá, atualiza a última experiência profissional e espera que uma grande oportunidade caia do céu… Vamos repensar a estratégia, please! Essa rede social nasceu sim com o objetivo primário de conectar profissionais a empresas, mas a verdade é que o LinkedIn evoluiu e cresceu, tornando-se um dos melhores espaços para se começar a trabalhar de forma ativa e estratégica em sua imagem pessoal.

Aqui vão 10 dicas efetivas para deixar o seu perfil atraente e – mais do que isso – posicionar você como expert em sua área:

  1. NO HEADLINE, SUBSTITUA CARGO POR PROPÓSITO: acredito que 99% das pessoas coloca o seu cargo ou profissão no headline que acompanha o nome no seu perfil, então eu já vou começar com a dica de ouro – talvez a mais relevante dessa lista: esqueça o seu cargo e coloque aqui o seu propósito! Ok, talvez você nunca tenha pensando qual é o seu propósito. Mas é justamente esse o primeiro ponto que o distancia das grandes conexões e oportunidades. Você precisa se diferenciar, ainda que exerça uma profissão bem comum! Faça uma reflexão sobre o que faz o seu trabalho ser especial para as outras pessoas, e coloque isso no headline. No meu perfil, por exemplo, eu poderia ser apenas “Consultora de Comunicação e Imagem”, mas meu headline vai além e diz que “Ajudo pessoas e marcas a alcançarem o sucesso por meio da gestão de comunicação, influência e imagem”. Percebeu a diferença de apelo?
  2. TRANSFORME O SUMMARY EM UM ELEVATOR PITCH: não deixe esse espaço em branco ou o complete com uma lista de cargos que você já exerceu. É justamente aqui que você vende o seu peixe, então dedique tempo para criar uma história interessante. De forma concisa, conte fatos e feitos realmente relevantes. Evite termos técnicos, jargões e siglas. Pense que qualquer leigo precisa entender minimamente o que você faz e a sua história. Também seja consistente com a narrativa escolhida: decida se quer escrever em primeira ou terceira pessoa, e vá até o fim dessa forma.
  3. EXPLORE PALAVRAS-CHAVE: esteja atento a palavras de impacto do seu mercado e as inclua no Headline, Summary e Experiência Profissional. Mas evite os adjetivos muito comuns, como: especializado, experiente, etc…
  4. COMPARTILHE CONTEÚDO DA EMPRESA EM QUE TRABALHA: compartilhar notícias, estudos e materiais interessantes da empresa na qual trabalha demonstra seu comprometimento e alinhamento com os valores da marca e o ajuda a aumentar visibilidade, inclusive interna. Mas sempre adicione um comentário que demonstre o seu ponto de vista. Não seja apenas um “replicador” – lembre que você está buscando construir uma reputação própria, e não ir só na carona de uma empresa.
  5. PRODUZA CONTEÚDO AUTORAL: se você tem informações relevantes e pontos de vista específicos que podem reverberar na sua rede de contatos, produza e publique conteúdo sobre o assunto. O LinkedIn permite publicar artigos autorais e essa é uma das melhores formas de posicionar a sua imagem nessa rede, mostrando suas credenciais e expertise.
  6. FAÇA UMA CURADORIA DE GRUPOS A SEREM SEGUIDOS: existem milhares de grupos e comunidades dentro do LinkedIn que conectam pessoas com interesses comuns. Faça um mapeamento criterioso desses grupos e participe apenas daqueles que realmente estejam alinhados ao seu perfil e que tenham um quórum qualificado. Compartilhe notícias, estudos e informações relevantes nesses espaços. Se você produz algum tipo de conteúdo, como artigos, vale compartilhar  também, desde que sejam de fato pertinentes, com um pequeno resumo da sua visão e um call to action para que os demais participantes se engajem na conversa. Mas seja cuidadoso para manter o tom  sempre profissional em todas as mensagens e evite polêmicas. Aqui não é o Facebook. :-S
  7. FILTRE OS ENDORSEMENTS RECEBIDOS: uma das ferramentas mais bacanas do LinkedIn é a possibilidade de “validar” as habilidades de destaque de um profissional que você conhece. É muito bacana ver nossos esforços e diferenciais reconhecidos, mas seja criterioso ao inserir esses endorsements ao seu perfil. Se você é Diretor de um Banco, talvez não agregue muito incluir conhecimentos de Excel como destaque. Adicione somente os items mais estratégicos aos seus objetivos: aqueles que demonstram sua habilidades de negociação e planejamento estratégico, por exemplo, parecem ser mais impactantes, não? O foco aqui é a qualidade das recomendações, e não uma lista longa de habilidades óbvias para o cargo que você exerce.
  8. ATUALIZE A FOTO DE PERFIL: nada de fotos muito casuais, que você tirou numa festa de casamento, ou selfies. Mas também não faz sentido estar de terno e gravata na foto se você é um profissional de criação publicitária que não usa esse dresscode no seu dia a dia. Seja coerente com a sua atuação, mas mantenha um visual profissional e simpático na foto. A imagem precisa destacar o seu rosto, mas não no estilo 3×4, ok? Fotos de corpo inteiro perdem destaque. O ideal é aquela imagem do busto para cima. Informação extra: fotos com pessoas sorrindo discretamente chamam mais a atenção dos recrutadores do que fotos de pessoas sérias. Já os perfis com foto tem 14 vezes mais acessos do que perfis sem foto. Ah, e se for para ter um perfil sem foto, é melhor nem ter, por favor!
  9. INCLUA UMA IMAGEM DE BACKGROUND: ok, talvez você nem saiba o que é isso… A central Michelle de pesquisas informa que 99,9% das pessoas não tem imagem de background. Mas vale a pena dar atenção a esse espaço. A foto de fundo do perfil é o segundo elemento visual da sua página e chama a atenção das pessoas. A imagem precisa estar alinhada ao contexto do que você faz e seus valores, ao mesmo tempo que mostra um pouco mais sobre sua personalidade.
  10. ATUALIZE SEU PERFIL USANDO ESSAS  DICAS, MESMO QUE VOCÊ ESTEJA SATISFEITO COM O SEU TRABALHO! Não encare o LinkedIn como um currículo online, por que não é! Use essa plataforma com um espaço para aumentar a sua credibilidade e construir uma reputação como expert em algum assunto ou área específica. Não se acomode só porque você tem um bom emprego e cargo – fazer-se presente nessa plataforma faz com que você talvez tenha acesso a oportunidades e relacionamentos que você nunca imaginou.

Ficou com dúvida sobre a localização de alguns items? Ao entrar no LinkedIn, procure pela sua foto na barra superior e clique em “Meu Perfil”. É uma página como essa que você verá:

Linkedin_Perfil_ExemploPara não se esquecer dessas dicas, aí vai um check list com todas as dicas, para você compartilhar, salvar no seu Pinterest ou onde quiser. Aproveita e me segue lá também!

CheckList_Linkedin

Me conta aqui o que achou dessas dicas e se já implementou alguma!

Até a próxima!